• Arthur Mesquita Camargo

RE-POST: Vende-se destino: o curioso caso de Mike Merrill.


Você acha que seus pais ou seus familiares se metem de mais na sua vida? Já pensou em cobrar por cada “conselho”? Já pensou? Cobrar por cada pitaco.

- “Você deve casar com fulano!”, 100 reais.

- “Tem que fazer concurso público”, 200 reais.

- “Chegar cedo em casa”, 300 reais.

Afinal, convenhamos: seria uma boa fonte de renda, já que eles irão opinar de qualquer jeito na sua vida! E aí, achou boa a ideia? Mike Merril também!

Conheça a incrível história de Mike, um sujeito que decidiu fazer um oferta pública das decisões da sua vida! E, o mais extraordinário: mais de 160 pessoas aderiram à oferta e se tornaram acionistas da vida dele.

A história começa em 2008. Na época, Mike Merril tinha 30 anos e precisava de uma grana para tentar investir em seus ambiciosos projetos pessoais: desenvolver um jogo virtual, um serviço de backup, abrir um Clube de Uísque, entre outras coisas.

A ideia original era fazer um crowd-funding via Kickstarter, oferecendo, ao invés dos projetos, as decisões sobre qual ideia deveria seguir: por exemplo, devo fazer um jogo de ação ou estratégia? Pedir empréstimo ou não?

Assim, os investidores poderiam opinar sobre qual decisão seria mais interessante, em troca, os sócios receberiam parte dos retornos financeiros que seriam gerados pela materialização das ideias. Para o feito, Mike criou a empresa KmikeyM e dividiu ela em 100.000 ações ao preço inicial de US$ 1,00 e mandou fé na oferta pública, o primeiro IPO (Initial Public Offering) “humano” já registrado.

Nos primeiros 10 dias, Mike vendeu 929 ações, faturando 929 dólares. Participaram dessa aquisição inicial amigos, parentes e a namorada (vixe). Merril ainda não estava satisfeito, queria vender mais ações e, então, imaginou que se as pessoas tivessem acesso, antecipadamente, a suas decisões poderia cativar mais investidores! Assim, teve a ideia de montar um website.

Contratou um webdesigner que, além de construir o site, desenvolveu um aplicativo web para que novos acionistas pudessem comprar ou negociar as ações da KmikeyM, sem intervenção de terceiros. Agora, qualquer pessoa poderia adquirir as ações da empresa e participar das decisões de Mike.

Com o site no ar os acionistas, agora, poderiam participar das decisões de Mike de uma maneira mais rápida e democrática. Inicialmente, as decisões eram restritas aos projetos financeiros de Mike: “fazer ou não um vídeo para promover a KmikeyM”, “investir ou não em criação de galinhas”,”pegar um empréstimo ou não”, mas depois de um tempo, os investidores quiseram participar de suas decisões pessoais!

E, aí a coisa começou a se complicar.

Tudo começou quando Mike postou na rede social que estava indo morar com sua namorada. Os investidores não gostaram dessa decisão: “a mudança para a casa da namorada pode impactar no lado criativo do ativo e na diminuição do seu tempo disponível. Tal decisão de gestão unilateral coloca em risco o capital do investidor”.

Mike ficou impressionado, mas respeitou a solicitação dos acionistas, reconsiderando a mudança para a casa da namorada. A partir desse dia, começou a abrir a votação para outros tipos de decisões: “fazer ou não vasectomia?”, “aprender ou não ski”, “ter um horário para sair de um festa”, “mudar a cor do cabelo ou não”.

Atualmente, as ações são negociadas, em tempo real, no próprio site de Mike (KmikeyM.com) e o valor de mercado de cada unidade é de 4,74 dólares., uma valorização impressionante de 474% desde o IPO, quando a ação foi negociada a 1 dólar. Isso significa que o valor de mercado do Mike é de 474 mil dólares ou quase 1,5 milhão de reais (que beleza, em?).

Em Setembro de 2012, a ação alcançou seu preço máximo histórico, 18 dólares! Naquele dia, Mike estava valendo impressionantes 1,8 milhão de dólares ou mais de 5 milhões de reais!

Vale lembrar que Mike não vendeu todas as ações, por isso, não pode ser considerado um milionário! A divisão acionária está da seguinte maneira: Merril tem 89% das ações, sendo majoritário, e os 11% restantes estão com amigos, familiares e desconhecidos. É complicado saber quanto Mike faturou, pois houve variação de preço a cada nova oferta de ações, sendo necessário alguns cálculos financeiros.

A iniciativa do Sujeito parece única! Mas não é. Algumas Startups ao redor do mundo como a Upstart, Pave e Thrust Fund estão apostando mais ou menos nessa ideia de investir no futuro de uma pessoa, em troca de uma parcela de ganhos futuros.

É o caso, por exemplo, da Kjerstin Erickson, de 26 anos, que fundou uma entidade sem fins lucrativos chamada FORGE que presta serviços comunitário em campos de refugiados da África Subsaariana. Ela está oferecendo 6% da sua vida por US$ 600.000. O caso dela e do Mike estão longe de ser isolados, os exemplos são inúmeros e crescentes: artistas plásticos, escritores, roteirista de filmes, todos vendendo potenciais de retorno futuro!

Observa-se, portanto, um movimento impressionante em torno do mercado de capitais, onde as empresas estão começando a buscar novas formas de investimentos, abandonando a clássica ideia de se investir em uma empresa para investir em capital humano. E aí, você acredita que daqui a dez anos você se tornará um milionário? Você pode ser um excelente ativo a ser investido por essas empresas!

#ArthurMesquitaCamargo #IPO #upstart #pavo #thrustfund #investimentos #negócios #lifeself #venture #riscoretorno

17 visualizações

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925