• Arthur Mesquita Camargo

Mercado Futuro no Brasil


A estratégia de composição de uma carteira leva em consideração muito mais do que a simples escolha de uma ação ou, pior, a escolha de apenas um tipo de mercado, como o das criptomoedas. Um investidor inteligente utiliza de estratégias eficientes de alocação de ativos para diminuir os riscos e trazer sustentabilidade financeira de médio e longo prazo para o seu dinheiro. Além disso, dá limites para as suas apostas no mercado de risco (ou seja, você consegue responder a pergunta - quando devo sair de uma operação?)

Um boa estratégia de alocação de ativo leva em consideração, em primeiro lugar, o perfil do investidor e seus objetivos. Mas, independente disso, acredito que o investidor deve ter a capacidade de assumir um pouco de risco, e, no meu caso: MUITO RISCO :).

Por isso, gosto de aplicar não só em criptomoedas, como também, em futuros. Entenda, é uma forma de diversificação de risco dentro de mercado de ALTO RISCO. Mas o que é o mercado futuro?

mercado futuro é de risco. cuidado.

O Mercado Futuro é o ambiente de negociação onde você pode ganhar (ou perder) dinheiro na alta ou na baixa de um determinado ativo, seja ele uma commodity (Milho, Café, Boi Gordo), uma moeda (como o dólar), um Índice (Bovespa, Índice S&P 500) ou mesmo uma taxa de juros.

Quando estudamos mercado futuro, o primeiro exemplo que o Professor dá em sala é o de Commodities: milhos, café, soja, boi. É a melhor forma de começar a entender sobre futuros. O exemplo é o seguinte: você compra um contrato do Boi Gordo (330 arrobas) a R$ 1.900 e tem a obrigação de entregar essas arrobas daqui a 2 meses. Se você der sorte, o contrato sobre de preço, por exemplo, para R$ 2.000 e aí realiza o lucro.

Se você for criador de gado, você deve operar vendido, fazendo o famoso Hedge. Bom, o exemplo não é errado.

A maioria dos professores de finanças aprendem finanças nos livros americanos. E, lá, o mercado futuro é praticamente voltado para a parte de commodities. Diferente do cenário doméstico, menos de 1% do volume negociado aqui é de commodities... O contrato de maior volume é o do BOI GORDO com pouco mais de 50 milhões.

No Brasil, o mercado futuro é dominado por derivativos de índices de contratos: DI, Câmbio, IPCA. São mais de 70% do volume diário, pouco mais de 200 bilhões reais, o principal são os derivativos de contratos indexados ao DI (espantado?)

#mercadofuturo #commodities #miniindice #ArthurMesquitaCamargo

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925