• Arthur Mesquita Camargo

Custo de Oportunidade


Você sabe o que é custo de oportunidade? Claro que sabe… Diariamente fazemos a seguinte pergunta: Como seria se eu tivesse tomado aquela decisão? Se eu não tivesse filhos? Comprar um carro novo ou usado?

O custo de oportunidade é o custo de algo em termos de uma oportunidade renunciada. Não estamos falando de um dinheiro gasto e, sim, do dinheiro perdido, ou como disse o Dr. Augusto, de um “não-investimento”.

Estamos falando dos benefícios que poderiam ser obtidos a partir desta oportunidade renunciada “ou, ainda, a mais alta renda gerada em alguma decisão alternativa” (BUCHANAN, 1987) .

Nós, humanos, gostamos de usar a imaginação para tentar ver o cenário perdido. Se eu pudesse voltar atrás… Se eu pudesse… E, isso é bom. Chamamos isso de arrependimento. Pode ou não ter dinheiro no meio, não importa, mas sentimos o pesar daquela decisão. Contabilizamos esse custo de oportunidade na nossa vida.

“É interessante notar que, quando escolhemos algo, temos a tendência a olhar apenas para aquilo que foi obtido com a escolha, não atentando para os benefícios que foram sacrificados pelo fato de não se ter escolhido outras alternativas” (GOULART, 2002).

Os Coaches de Vida estão aí para ajudar a você a se arrepender e tomar uma melhor decisão a partir das decisões ruins que você tomou, “o remorso é uma impotência, ele voltará a cometer o mesmo pecado. Apenas o arrependimento é uma força que põe termo a tudo.”, dizia o francês Honoré de Balzac.

Mas…. não sou Coaches de Vida. Longe disso. Sou investidor, trabalho com investimentos, com capital. E, então, você costuma contabilizar decisões erradas nos seus investimentos? "O uso de um recurso econômico em uma aplicação exclui o seu uso em outra", escreveu Heymann e Bloom (1990).

O Custo de oportunidade quando se fala de capital é o juros ou o ganho de capital que se poderia ganhar no melhor produto financeiro equivalente, se fosse optar por investir em Tesouro Direto ao invés de um CDB, seu custo é são juros gerados pelo CDB.

A Contabilidade tradicional não registra os custos de oportunidade. Não seria interessante saber o resultado possível de uma empresa diante de oportunidades perdidas? Não seria uma excelente benchmarking? Um indicador de eficiência?

Beuren (1993) explica que "a aplicação do conceito de custo de oportunidade é de fundamental importância para que os relatórios contábeis possam ser mais úteis aos usuários da contabilidade. (...) Entretanto, o sistema contábil tradicional, quer com registros a valores históricos puros ou a valores históricos corrigidos, não contempla informações sobre os possíveis resultados na aplicação de recursos em utilizações alternativas".

Recomendo a leitura de Custo de oportunidade: oculto na contabilidade, nebuloso na mente dos contadores de André Moura Cintra Goulart Revista Contabilidade & Finanças, 2002. Dá um google que acha. Abçs

#contabilidade #arrependimento #contador #investimento #dinheiro

#ArthurMesquitaCamargo

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925