• Henrique Farias Vaz e Alberto Macedo

Mas, me explica aí, qual a importância da universidade corporativa para as instituições?


Em nosso exigente mercado de trabalho atual, caracterizado pela competitividade, assim como por transformações tecnológicas e sociais a todo instante, as empresas sentiram a necessidade de desenvolver estratégias para a atualização contínua de suas competências organizacionais e individuais. Diante desse cenário e como uma evolução da vertente de treinamento e desenvolvimento nas empresas, surgem as universidades corporativas.

Mas, me explica aí, qual a importância da universidade corporativa para as instituições?

Só no Brasil, já existem mais de 2.360 universidades corporativas reconhecidas atualmente pelo Ministério da Educação e Cultura. As universidades corporativas nascem de toda essa transformação que estamos sofrendo em nosso mercado de trabalho ultimamente e elas nada mais são do que um projeto de aprendizagem dentro das organizações que visam ampliar a educação continuada. As áreas de treinamento enfrentam dificuldades para atender essa demanda de modo a estimular o autodesenvolvimento dos colaboradores, tanto profissionalmente quanto pessoalmente. Em geral, são disponibilizados conteúdos de diversas formas na plataforma de educação corporativa da empresa, de modo que o funcionário tem a total liberdade de acessar a mesma, até fora do ambiente corporativo, o que traz um caráter flexível a essa proposta, voltada ao público interno e ao desenvolvimento de habilidades.

Quando se pensa em universidades corporativas, pensa-se em aprender, ensinar e buscar o autodesenvolvimento profissional e pessoal dos funcionários, alinhando o conhecimento que os mesmos já possuem com as habilidades que são necessárias dentro da empresa, fazendo com que todas as necessidades sejam atendidas com qualidade, a empresa tenha seus bons resultados e cresça no mercado, pois uma empresa que busca incentivar seus colaboradores a se capacitarem não só traz autodesenvolvimento para os mesmos, mas com certeza é provedora de serviços de qualidade e, consequentemente, tem maiores retornos. Ser um professor ou mentor na Universidade Corporativa acaba por ser ainda uma proposta de carreira que interessa a muitos profissionais que têm o desejo de compartilhar seu conhecimento organizacional.

No campo estratégico, para que viabilize seu projeto, é preciso que o objetivo principal de uma universidade corporativa tenha como norte o desenvolvimento e a instalação de competências profissionais, técnicas e gerenciais, consideradas essenciais para o sucesso das estratégias. As universidades corporativas não têm a intenção de substituir ou disputar espaço com as universidades tradicionais, ao contrário, elas são complementares, visto que buscam unir toda a formação metodológica e conceitual obtida pelos colaboradores à formação, desenvolvimento e aprimoramento de competências essenciais para a organização, de modo a implementar a cultura organizacional da empresa, alcançando todos os profissionais, muitas vezes por incentivos como recompensas por cursos feitos, onde o colaborador pode juntar uma quantidade de pontos e trocar por algo de seu interesse (livros, palestras, workshops, descontos, etc.), assim como melhorar o clima organizacional como um todo.

Em suma, as universidades corporativas trazem muitos benefícios para as organizações e são de grande importância. Com um projeto bem estabelecido e implantado de maneira correta, juntamente com uma boa gestão, elas têm poder para um bom desempenho pessoal e profissional dos colaboradores dentro da instituição.

E aí, está explicado?

#SiegridGuillaumonDechandt

112 visualizações

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925