• André Luiz Cordeiro Cavalcanti

Contabilidade Mental e Economia Comportamental


A teoria econômica tradicional é fundada na hipótese de que os agentes fazem escolhas racionais. O que isso significa?

Significa que sempre que um agente econômico, pessoas ou empresas, se veem diante de uma decisão, escolherá aquela que é melhor para si.

Sob essa hipótese que a economia tem sido desenvolvida.

Porém,

, laureado com o Nobel de Economia de 2017, afirma que diante de duas opções somos propenso a escolher a que mais nos prejudica, e isso é explicado pela falta de tempo para refletir e pelo hábito.

Sabe aquela história de que as pessoas ao se comprometerem com um financiamento normalmente não buscam a opção mais barata, e simplesmente verificam se o valor que pagará cabe no orçamento? É explicado por essa teoria.

Para Thaler, as decisões econômicas são tomadas com um “foco” específico, que simplifica as análises sem considerar todas as alternativas e consequências.

Sabe quando você está na dúvida entre comprar ou não algo, considerando o valor, a necessidade, a oportunidade e etc? Aí você pensa - serei racional, vou pensar para tomar a melhor decisão”. Na verdade, você não estaria pensando para tomar a melhor decisão, estaria apenas adiando uma decisão já tomada por sua mente, em busca de argumentos que justifiquem o que de fato você quer.

Assim o Thaler criou um esquema de análise que descreve como organizamos e tomamos decisões criando contabilidades diferentes na nossa mente que nos engana e que, muitas vezes, nos fazem perder dinheiro.

É isso.

#AndréLuizCordeiroCavalcanti

52 visualizações

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925