• André Luiz Cordeiro Cavalcanti

Me Explica Aí: O que significam as diferentes definições de renda?


A definição geralmente adotada pelos economistas é que a renda é a soma de todas as receitas recebidas em um dado período, ou de modo equivalente, a quantia máxima de recursos de que a família poderia dispor em termos de consumo enquanto mantém constante seu patrimônio líquido (sem reduzir o valor dos bens e direitos menos as obrigações).

Essa segunda parte do conceito é abrangente, pois quando se trata recursos que a família pode dispor para o consumo entra aí o conceito de renda imputada. Considerando, para um melhor entendimento, um proprietário de um imóvel que o aluga, e recebe um valor X qualquer de seu inquilino. Esse valor é claramente uma renda. Agora considere que esse mesmo proprietário reside nesse imóvel. Segundo a lógica da renda imputada, o valor que esse proprietário utilizaria para alugar um imóvel semelhante, agora que é proprietário, está disponível para o consumo, e por isso deve ser considerado renda. Tal item é considerado na Renda Nacional do Reino Unido. Nas estatísticas distribucionais esses valores de alugueis imputados não são considerados.

Também não são considerados nas estatísticas distribucionais os valores dos serviços públicos de saúde, educação e assistência social. Dever-se-ia considerar tais serviços como renda tendo em vista que pais que não necessitam financiar a educação dos filhos têm mais renda disponível que aqueles que necessitam. Em decorrência disso, países com maiores gastos públicos tendem a ter maiores gastos privados

#AndréLuizCordeiroCavalcanti #distribuiçãoderenda

58 visualizações

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925