“Crise? Que crise?” - Episódio 1: A Grama do Vizinho é sempre mais verde.

Aumento de impostos, reforma trabalhista, possibilidade de alteração na idade mínima para se aposentar, diminuição do funcionalismo público, possibilidade de ampliação da contribuição para o INSS… Estes e outros eventos são exemplos de medidas rígidas para serem utilizadas em tempos severos. O Presidente diz que a “população vai entender”, “este é um governo que não mente, que não dá dados falsos". Certo. A população vai entender, entender que o Estado precisa “funcionar”, mas a que preço, que tipo de “funcionar é este”? Hoje, 31 de Julho, a Câmara dos Deputados abriu licitação para compra de grama. Isso, grama, relva, mato. O tipo de grama é a São Carlos, aquela bonita, tem folhas largas, l

DADOS DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017: A DESPESA PRIMÁRIA AINDA NÃO CAIU.

Governo novo, muita coisa nova, mas uma coisa continua velha: a falta de capacidade de fazer um ajuste fiscal que reduza o gasto do governo. A figura abaixo mostra as despesas primárias do governo central para o primeiro semestre de cada ano entre 1997 e 2017, os dados são as Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Repare que a última vez que houve queda no gasto, pelo menos do primeiro semestre, foi em 2003, o ano que Lula chegou ao Planalto. De lá para cá nunca mais vimos queda, pelo contrário, o gasto mostra uma trajetória crescente na sequência do ajuste de 2003. Enquanto havia crescimento da economia e capacidade de endividamento o aumento do gasto não parecia ser um problema, destaque pa

Fronteiras quebradas

Por que as empresas deixam seu território e passam a atuar além das fronteiras? Durante o processo de internacionalização as empresas se deparam com alguns obstáculos como as diferenças culturais, políticas, monetárias, cambiais, legislativas, linguísticas e ainda têm que adaptar seus produtos de forma a atender as preferências e exigências do consumidor estrangeiro. Inicialmente podemos pensar que esta atitude seria um tanto quanto arriscada, principalmente, se analisarmos a realidade das empresas brasileiras, uma vez que Brasil é um país com dimensões continentais e tem mais de 200 milhões de consumidores. Não seria mais fácil vender para outro estado brasileiro a ter que conquistar novos

É Débito ou Crédito?

O mercado de meios de pagamento está cada vez mais movimentado, competitivo e diversificado. Esse movimento competitivo está pressionando as grandes empresas de meios eletrônicos de pagamentos que estão diversificando a oferta de atrativos aos Clientes. Temos de tudo: Máquinas por aluguel, por compra, planos pré-fixados, pós-fixados, com margens, sem limite, para micro empresário, lojista, varejo, vendedor de rua! Vale lembrar, no entanto, que esse mercado vive de percentual cobrado por cada operação, assim quanto maior for a concorrência, menor serão as margens e, por tanto, menor será o lucro geral das empresas. Em uma rápida análise, de 2008 a 2016, a taxa média de cobrança caiu aproxima

Me Explique Aí! Por que não falamos em pedagogia do terceiro grau?

“O homem só conhece a si mesmo na medida em que conhece o mundo; ele se torna consciente de si mesmo somente dentro do mundo, e consciente do mundo somente dentro de si mesmo. Cada objeto, bem contemplado, abre um novo órgão da percepção dentro de nós”. Com esta reflexão Goethe apontava para a natureza relacional da aprendizagem do indivíduo em contato com o mundo e em contato consigo mesmo. A pedagogia é o campo científico dedicado ao estudo da aprendizagem, na qual interessam questões como: é possível aprender? Como os indivíduos aprendem nas diferentes faixas etárias? Quais métodos podem ser mais adequados aos diferentes conteúdos ensinados? Como se consolida o conhecimento? Dentre outras

Política Externa e participação social

A participação da sociedade civil organizada tem cada vez mais influenciado nas decisões de foros internacionais. Na COP21, Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Clímáticas, realizada em Paris, ao final de 2015, dos 36 mil participantes, 7 mil eram representantes da sociedade civil. Por onde antes circulavam apenas diplomatas e funcionários de organismos da ONU, hoje se vêem ativistas, defensores de direitos humanos, variadas ONGs, assim como representantes das pautas mais diversas. Mas, o que isso representa? Esse fato mostra que os temas relacionados a politicas externas dos países e suas atuações internacionais tem influência direta na vida das pessoas. E, portanto, elas podem e de

Me Explica ai! O Que é Índice de Qualidade de Vida?

É importante discutir qualidade de vida? Qual o grau de prioridade desta discussão em um país onde milhões de pessoas não têm suas necessidades básicas atendidas? Em um primeiro momento pode parecer que essa discussão só se torna importante depois de cumpridas certas etapas de desenvolvimento da sociedade. Do tipo, primeiro acabamos com a fome e com a miséria, depois falamos de qualidade de vida. Mais ou menos como se preocupar em como está a qualidade do pão antes de saber se efetivamente o teremos a mesa. Uma outra possível reticência com o tema estaria vinculada aos seus aspectos subjetivos e suas variações culturais. O que é importante para uma vida digna em uma sociedade ocidental pod

As Curiosidades do Queijo Canastra

Em recente viagem a Minas Gerais, especificamente, à cidade de Delfinópolis, localizada no pé da Serra da Canastra com paisagens belíssimas, tive o prazer de me deliciar com vários tipos de queijos de produções próprias da região. Lugar de pessoas hospitaleiras que adoram receber seus visitantes com um delicioso cafezinho, coado no saco, acompanhado de muito pão de queijo quentinho, doces caseiros e o famoso, e muito apreciado pelo Brasil e todo o mundo, Queijo Canastra. Inesquecível, o Queijo Canastra é o produto artesanal mais importante da região e feito de leite cru. Produzido há mais de duzentos anos, ele é o “primo distante” do queijo da Serra da Estrela, de Portugal, trazido pelos imi

Subsídios explícitos e implícitos: Comentários a respeito da nota técnica da SEAE

A Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (SEAE) lançou uma nota técnica a respeito dos benefícios creditícios e financeiros da União (link aqui) que é leitura obrigatória para todos que querem saber como entramos em uma crise tão grande. Quem me acompanha já deve ter lido a respeito das duas crises econômicas que estamos passando (ver aqui e aqui): uma de longo prazo caracterizada pela baixa produtividade e o baixo crescimento da produtividade e outra de curto e médio prazo caracterizada pelo desequilíbrio macroeconômico e pela baixa taxa de investimento. Subsídios tem o poder de direcionar o investimento e impactam o gasto do governo. Em tese, se bem direcionados, s

Crise Política – Presidencialismo de Coalizão

A Constituição de 88 previu um plebiscito para definir a forma de governo que seria adotada no país a partir de 1993. Com uma acanhada defesa o sistema parlamentarismo perde, vence o presidencialismo. Ainda na mesma Carta Magna o Presidente da República saí vitaminado tendo a sua disposição prerrogativas legislativas e orçamentárias. Além de mais de 100.000 cargos de livre nomeação no Executivo, empresas estatais e economia mista. Na América do Sul os governos de coalizão também foram vistos no Uruguai, Argentina e Chile. Longe de ser uma jabuticaba brasileira. Na busca pela governabilidade cabe ao Chefe da Nação tentar conciliar os mais diversos interesses, das mais diversas agremiações pol

A Coluna do Intersaber

À convite de Siegrid Guillaumon, uma das argonautas responsáveis por essa plataforma, o Instituto Intersaber tem a satisfação de inaugurar esse espaço de reflexões e divulgação de ideias. Enquanto organização sem-fins lucrativos, nossos esforços miram o enfrentamento da crise contemporânea, tão falada por se tratar de uma crise civilizatória e de ordem planetária, emaranhada nos domínios econômico, político, social, cultural, ecológico e do pensamento. Nosso objetivo com a coluna na plataforma Argonautas é debater as diversas facetas dessa crise que nos aflige, sempre apresentando alguns possíveis caminhos de superação que nos motivam e que nos dedicamos a seguir. Vamos buscar aqui colocar e

Portal Único de Comex – O que muda?

Embora a palavra desenvolvimento tenha saído do nome do então Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, sabe-se que o comércio exterior é vetor importante para a retomada do crescimento e desenvolvimento do país. A crise política e econômica vivida pelo Brasil trouxe ainda mais os olhares do mundo sobre o futuro de um dos principais países da América Latina. Vários indicadores são analisados, notas são atribuídas, decisões de investimentos e negócios são tomadas. Como está o Brasil? Um indicador interessante é o projeto do Banco Mundial intitulado Doing Business, que é uma ferramenta para se medir o impacto das regulamentações sobre as atividades empresariais ao redor do mundo.

A Fada Verde

Quem nunca teve curiosidades sobre o absinto levante a mão! Ninguém... Então, vamos lá! Diz SANTOS (2007, p.171) que “O absinto tem uma curiosa vocação para provocar. Tudo nessa bebida é meio ilícito, instigante, perturbador, inquietante. E glamorizado. O próprio som da palavra “absinto” parece carregar algo proibido.” Bem, o absinto é produzido a partir da planta de nome científico artemísia absinthium ou losna, sua versão popular. No Brasil, a losna é também conhecida como erva-do-fel, erva-dos-vermes ou erva-de-santa-margarida. No século XX, o absinto ganhou um novo nome: La Fee Verte, na França; The Green Fairy, em inglês ou A Fada Verde, em nosso idioma, por conta de sua cor que lembra

Me explique aí o que é Sociedade Líquida?

Me explique aí o que é Sociedade Líquida? Nada raro observar as pessoas interagindo no celular, sabe-se lá em que universo informacional orbitam. Estão caminhando no parque olhando para a tela do celular. Estão almoçando juntas no restaurante, mas cada indivíduo olha para seu celular. Esperam o ônibus e olham o celular. Andam na rua e..... esta caixinha acelera nossas vidas! E como! Bilhões de informações trocadas instantaneamente e atualizadas a cada fração de segundo dinamizam nossas vidas, nossas decisões, nossas interações com os outros. Rápido, muito rápido, cada vez mais rápido. Muitas fotos, muitos crush´s, muitos matches, muitas curtidas, muitos likes. Mudando a forma como nos relaci

A importância da participação ativa através da política externa

Ao final do ano passado, Trump se torna Presidente dos Estados Unidos. Há pouco, finalizaram as eleições na França, com Macron se tornando Primeiro-Ministro. Pouco tempo após, eleições gerais no Reino Unido, com a Primeira Ministra Theresa May vencendo, mas perdendo poder. Agora, debates pré-leleitorais na Alemanha de Angela Merkel esquentam com a votação no próximo 24 de setembro, que decidirá a composição do Bundestag, ou seja, os deputados federais do país. Uma de suas tarefas é escolher quem assumirá a chefia do governo alemão na próxima legislatura. Mas o que essas eleições tem em comum? Em todas elas o tema de política externa é extremamente debatido. Não somente nesses países, mas em

BNDES, Investimento e TLP

Nos últimos anos o BNDES assumiu o papel de financiador do desenvolvimento brasileiro. A ideia era usar o banco para criar grandes empresas, as chamadas campeãs nacionais, e garantir financiamento a juros bem abaixo do mercado para essas grandes empresas, projetos de infraestrutura e outras empresas que se qualificassem. O auge dessa estratégia aconteceu em 2010 quando o BNDES emprestou aproximadamente R$ 260 bilhões em valores de hoje. Nos anos seguintes os empréstimos do banco ficaram sempre acima de R$ 200 bilhões, com exceção de 2011 que ficou em torno de R$ 197 bilhões. Apenas em 2015, com a crise instalada, o volume de empréstimos caiu do patamar de R$ 200 bilhões ficando próximo a R$

Loja virtual e física recolhem os mesmos tributos?

Essa semana vou falar sobre empreendedorismo virtual, ou seja, lojas virtuais de e-commerce e F-commerce. Uma amiga, gerente de uma renomada loja, resolveu empreender e abrir seu próprio negócio, contudo ao ver os custos envolvidos para abertura de uma loja física optou por começar o seu novo negócio utilizando as redes sociais. Foi uma boa escolha? Os impostos são os mesmos que uma empresa presencial? Qual tipo de empresa deveria abrir? Existe algum tipo de planejamento tributário que possa fazer para pagar menos impostos? Como funciona a tributação nas lojas virtuais?. Enfim, essas foram algumas das dúvidas que foram levantadas por ela. Com relação à opção por começar seu negócio virtual

Globalização, Inovação e Desigualdade de Renda, há relação entre essas realidades?

Em economia tem sido um fato estilizado que a globalização, a inovação e o desenvolvimento tecnológico contribuem para o aumento da desigualdade de renda e riqueza. Várias pesquisas nesse sentido chegam a resultados que se contrapõem, e não tem sido possível chegar a conclusões mais consistentes dos efeitos efetivos dessas variáveis na desigualdade de renda e riqueza. Para Atkhinson (2015), a globalização começa influenciando a desigualdade por meio da utilização de mão de obra. Economias avançadas enfrentam uma concorrência maior de países nos quais os salários de profissionais menos qualificados são mais baixos. Por outro lado, essas economias mais avançadas demandam mão de obra mais quali

Crise Política – Multipartidarismo

O Brasil vive tempos difíceis já algum tempo. Ao invés de fulanizar os problemas o melhor seria compreender a razão deles e suas origens. Nas próximas semanas a Coluna percorrerá alguns destes e suas consequências aos dias atuais. O espaço desta semana é dedicado ao multipartidarismo brasileiro que dá origem ao Presidencialismo de Colisão vigente. Ainda no Governo Militar, ano de 1979, se aprova a Lei nº 6767, que pôs fim ao bipartidarismo reinante (MDB e Arena). Utilizaram uma estratégia de guerra; dividir para enfraquecer e reduzir as pressões sobre o Estado Militar. Ainda que os governantes da época desejassem combalir a oposição, o multipartidarismo propiciava um ambiente mais plural e d

A Resiliência do Food Service

Segundo o Instituto Foodservice Brasil (IFB) (1), o setor de food service doméstico movimentou cerca de 184 bilhões de reais em 2016, um crescimento de mais de 3% em relação ao ano de 2015. Ou seja, mesmo diante da crise econômica, o segmento de alimentação manteve-se crescente. Segundo o IFB, o crescimento está relacionado com a resiliência do setor, isto é, com a sua capacidade de se adaptar as mudanças. Sendo claro, para driblar a crise, o setor buscou a diversificação de produtos e a redução de custos. Não é difícil reparar que, a partir de 2016, houve uma multiplicação de estabelecimentos que passaram a oferecer linhas saudáveis, orgânicas, regionais, artesanais e até paleolíticas. Além

Veja, escute, leia, pense, faça...

ARGONAUTAS

2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
contato@argt.com.br
61 99853-4925